quinta-feira, 8 de julho de 2010

Aprendiz de voar

Hoje amanheci com mamãe a socorrer uma rolinha aprendiz. Chegou com a toda redondinha de penas, aparentemente calma, mas querendo voar. Mamãe pensou; ‘caiu do ninho’...'corre perigo com tanto gatuno por aqui’...Mamãe abriu a porta numa fala mansa , cheia de carinhos com a bolinha de pena, em mãos acolhedoras, mãos de mãe, preocupada com os gritos da rolinha mãe. A passarinha tinha biquinho saliente e cor de penumbra...e só queria voar...Abriu as asas e deu um rasante e foi parar no chão, bem debaixo da minha cama. Mamãe a resgatou e a colocou sobre o muro, na dúvida de que sobreviveria...Até que chegou a mãe rolinha, e num lance de vôo pro alto motivou a decolagem de bolinha filha..Bolinha acertou o passo, acertou o vôo, e mamãe ficou orgulhosa lá embaixo ao vê-las, mãe e filha no mesmo lance de laje a contemplar quem sabe outro lance mais alto, até o rasante virar vôo alto de vez...

4 comentários:

Nina Blue disse...

Tão bom colo de mãe... Sabia que eu ia encontrar algum conforto aqui. Hoje eu estou precisando deste colo. Obrigada pelo texto, caiu na medida certa. Beijo.

Maria disse...

É tão bonitinho quando aprendem, né?

Carlos Eduardo Leal disse...

É preciso ter os olhos na inocência e a alma de passarinho para enxergar assim mãe e o carinho. Lindo!

Maria disse...

Querida, infelizmente, precisei fechar o blog e não sei até quando. Peça autorização para entrar, pois não encontrei um email para cadastrá-la.
Beijo!