terça-feira, 25 de março de 2008

Brumas e Bruxas

Lembranças, às vezes, nenhumas;
Às vezes, algumas;
Ânsias;
Intrusas;
Sem tempo;
A qualquer tempo;
Lembrumas;
Do que se foi, saudades;
E não foi;
Enganos na mente;
Falhas;
Rasuras;
Rasas;
Profundas;
Por vezes, realidades;
Ficcionalidades;
Lembruxas.

Um comentário:

Curto-Circuito disse...

Sou suspeito pra falar, mas adoro suas poesias!!! Desde a faculdade, vc sabe. Elas têm ritmo, beleza. Muito bom, Keilota.

Abç
Leo