quinta-feira, 25 de junho de 2009

'Parecimento'

Acho que o problema é o ‘parecimento’. Tive olhando assim, com calma, o andar, o olhar, o desajeitar, o confuso do pensar...até o medo que dá nela. Oh gente, como parece comigo aquela menina. Tô crente que gosto dela, mas de repente mudo de pensamento; penso que é tanto parecimento...Será que dá certo isso Meu Deus? Parecimento parece aparição...a gente ali na outra pessoa. Me vejo nela assim com o passar rápido, numa correria danada nem sei pra quê...Me vejo naquela menina de olhar encantado, de desejo forte e fraco, de pisar flutuante pela visão inquietante do amor, e ao mesmo tempo de pisar pesado nos fazeres de todo dia. De verdade mesmo? Nem sei se é tanto parecimento assim, mas parece que é, sabe? Fico imaginando o jeito dela e tudo que vem neste meu olhar meio anuviado é parecer, é espelho. Nunca gostei assim de ninguém que tivesse parecimento comigo...nunquinha... Agora tô assim mais confuso ainda, porque nem vejo tanta beleza assim, muito menos elegância e acordo, mas acordo pensando nela, desajeitada abrindo os olhos, espreguiçando embolada em monte de pano, meio tonta e mal humorada, cheia de conversa séria, poética e, às vezes, tão real que dói. Penso nesse parecimento comigo, nessa dúvida até de mim mesmo e desse meu gostar diferente que nasceu...Oh gente...é tanto parecimento que nem sei...Parece que tô gostando dela...

Um comentário:

Viviane disse...

hahah adorei...e entendi!rs