segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Canto triste

Mais que desilusão,
Canto triste sem razão;
Desilusão é desanuviamento,
Esquecimento;
Desencanto não,
É um perder sem explicação,
É canto triste sem razão,
Falta o suspiro,
Vem o respiro,
Com dor no coração;
Ah! Tudo fosse desilusão;
Ah! Nunca fosse desencanto;
Canto triste sem razão...

Um comentário:

César disse...

Delicia de ler seus poemas. O tom, a construção, o tema, a exploração. Gostei e volto sempre a ler

bom dia